© 2019 Jean Coloca - by Speranzini 

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey YouTube Icon

Jean Coloca fatura etapa final da Copa São Paulo de Ciclismo - GP “Gílson Alvaristo” de ciclismo em


Imagem: Jean Coloca e Gílson Alvaristo - eventos antigos.

Com excelente organização e estrutura, prova encerra temporada 2017 da CSPC com chave de ouro, em um dos melhores circuitos da temporada.

Nesse domingo 10 de Dezembro a cidade de São Carlos voltou a ser palco das principais competições de ciclismo do Estado, recebendo a 12ª Etapa/Encerramento da Copa São Paulo de Ciclismo 2017, um dos principais campeonatos de ciclismo por etapas do País, que levou o nome de GP “Gílson Alvaristo” de Ciclismo, como justa homenagem da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer e dos organizadores da Copa a um dos principais nomes do ciclismo brasileiro. Falecido em 2016, Gílson Alvaristo foi o Diretor Técnico da Federação Paulista de Ciclismo por 17 anos, e mantinha uma estreita relação com o município, trazendo para a cidade de São Carlos alguns dos principais eventos de ciclismo do País, como Campeonatos Brasileiros, Etapas do Tour do Brasil/Volta Ciclística Internacional do Estado de São Paulo, Volta Ciclística do Futuro, Tour do Brasil Feminino e Máster, Campeonato Estadual Escolar, dentre outros, realizando um grandioso trabalho para com essa modalidade e difundindo o ciclismo por todo o Estado. Paranaense de Curitiba, Gílson Alvaristo também foi um dos principais ciclistas olímpicos do Brasil, foi ciclista da poderosa equipe Caloi nos anos 1970 e 80, tendo representado o País em Olimpíadas e diversas competições internacionais na Europa e em quase toda a América do Sul, com alguns dos principais títulos brasileiros no currículo, além de ter sido técnico da Seleção Brasileira de Ciclismo Elite e também na base. O evento contou com a presença de amigos, colegas do ciclismo e familiares do homenageado, como sua esposa Elaine Lamim, também o ex-ciclista Cássio de Paiva Freitas, um dos maiores ciclistas de estrada do Brasil de todos os tempos, Rodney Tassinari (ex- ADC Pirelli/ Santo André) e Gilmar Lima, o Secretário Municipal de Esportes e Lazer Edson Ferraz dentre outros, que prestigiaram a prova e participaram da entrega da premiação da etapa e da premiação geral final do campeonato.

Para o Secretário Municipal de Esportes e Lazer de São Carlos, Edson Ferraz, “foi uma satisfação muito grande poder realizar essa Prova em homenagem a um grande parceiro, amigo e uma pessoa tão carismática e correta como o Gílson”. Segundo Alessandro Giannini, um dos diretores e organizadores da Copa São Paulo, que já foi auxiliar-técnico de Gílson Alvaristo na Seleção Brasileira em um Campeonato Mundial, “foi uma honra muito grande podermos organizar nossa etapa de encerramento na cidade onde eu moro, ainda mais em homenagem ao nosso grande mentor e amigo do ciclismo, o qual devemos a ele quase tudo o que sabemos nessa modalidade, e que deixou uma lacuna irreparável pra gente”, comentou.

E de fato foi um evento digno de todos os elogios, num circuito plano de 3,8 Km por volta com total segurança e estrutura, num domingo de sol forte e tempo aberto, o local, próximo aos condomínios Swiss Park e Parque Faber foi o palco para acirradas disputas, sendo a primeira vez que uma Prova oficial foi realizada em São Carlos naquele local. E na categoria principal, a Elite Masculina, uma prova de 45,6 Km percorridos em 1h10m24s, vencida no Sprint final por Jean Carlo Coloca, da equipe BDO/ São Bernando do Campo-SP. Na segunda colocação, Luís Augusto Machioli da Fundesport/ Araraquara-SP com Edmar Passaneli, da Prefeitura Municipal/ Mirassol-SP na terceira colocação. O campeão se emocionou na largada da prova, com um áudio de uma fala de Gílson Alvaristo que o DJ da Copa soltou de um arquivo, comentando em uma das diversas competições que ele chefiou. Jean Coloca ofereceu a vitória ao amigo: “Gílson Alvaristo foi a pessoa que me iniciou no ciclismo, me proporcionou a oportunidade de seguir uma carreira nesse esporte tão maravilhoso. Devo muito ao Gílson, seus ensinamentos, sua postura, seu caráter, e fico muito feliz em poder homenageá-lo também através dessa vitória” comentou Jean. O campeão geral da CSPC 2017 nessa categoria foi Lauro César de Mouro Chamam, da equipe Funvic/ Brasil Pro Cycling Team, de São José dos Campos, que esteve ausente no evento. Lauro é o atual Campeão Mundial de Paraciclismo de Pista e também Campeão da Copa do Mundo de Paraciclismo 2017, e recentemente se sagrou também, Campeão Brasileiro de Pista Elite.

Ao todo foram 12 categorias oficiais, que são divididas por faixa etária e critério técnico, mais uma categoria iniciantes extraoficial, aberta para qualquer tipo de bicicleta. Essa etapa coroou os três primeiros colocados de cada categoria do Ranking CSPC 2017, e em algumas delas, o detentor final da camisa quadriculada de Líder foi definido apenas nessa etapa de encerramento. Como o caso da categoria Sênior-A (30 a 39 anos), uma das mais concorridas da Copa, que teve a vitória de Douglas Fernando Alves da equipe SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados, de Monte Alto-SP, que venceu com propriedade a etapa chegando escapado com grande vantagem sobre os demais competidores, em uma prova de 41,8 Km em 1h17m18s, seguido por Danilo César Tostes (SECET/ Acad. Estação Boa Forma/Space Seguros/Good Shape/Master Result/USC) de Serrana-SP e de Marcelo Magri Biazetti, também da equipe de Monte Alto. Danilo César foi o campeão geral da CSPC 2017 nessa categoria.

Entre as categorias de base, na Junior Feminino vitória de Cecília Vieira Lance, da equipe São Francisco Saúde/ SME de Ribeirão Preto-SP, numa prova de 19 Km percorridos em 38m39s, seguida pelas companheiras Bruna de Oliveira Zaparoli e Ana Beatriz Venci, segunda e terceira colocadas, também da equipe de Ribeirão Preto. A Campeã geral dessa categoria foi Julia Raynara de Toledo, da equipe ABEC/ Rio Claro-SP, que manteve a camisa quadriculada e levou o belo troféu personalizado de campeã da CSPC 2017 para casa. Já entre os “veretanos” da Copa, na categoria Master B (60 anos acima), que faturou a prova foi Fernando Mauro Roncari, da equipe Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal de Jaú-SP, numa prova de 30,4 Km percorridos em 55m26s, seguido de João Batista Maglio da Odontologia Maglio, Implantes e Laserterapia de Araraquara-SP e Anizio Horácio da Silva, terceiro colocado, também da equipe de Jaú. O campeão geral absoluto dessa categoria foi João Maglio, aliás, bicampeão da CSPC nessa categoria.

Fonte: Assessoria de Imprensa - CSPC/FPC.

#JeanColoca #treinamentociclismo #AssessoriaEsportiva #ciclismoestrada #Speranzini #BDO